IMG_20160809_114329251.jpg

Minha brasilidade voltou após as Olimpíadas do Brasil

Confesso que não gostei nada da escolha de nosso país para sediar as Olimpíadas. Apesar disso, uma vez que o Rio foi escolhido, que os trabalhos iniciaram – ainda que com todos o atraso e corrupção que nos entristecem – torci para que tudo desse certo. Me empenhei em tomar parte, divulgar, comentar, estimular. Participei e vibrei como se fosse o mais entusiasta dos atletas.

Não pensem que virei a casaca, não foi isso. Eu era contra, mas a partir do momento que minha opinião não prevaleceu, não vou ficar como ave de mau agouro desejando insucesso. Quem deseja insucesso só colhe insucesso. É exatamente a atitude de nossos políticos que não concordo – não querem o melhor para o Brasil, mas sim apenas o que interessa a eles.

Eu não queria Olimpíadas aqui, mas a partir do momento que o martelo foi batido e a decisão tomada, torci para que nós fizéssemos a melhor Olimpíada da história. Comprei ingressos para meus filhos e para minha mãe, talvez tendo a única oportunidade de suas vidas de assistirem uma festa tão grandiosa. Acompanhei cada esporte que pude pela televisão. Chorei pelos eliminados, comemorei pelos medalhados. Fiquei feliz cada dia que via o Rio de Janeiro acordar uma cidade maravilhosa, com o friozinho ensolarado do inverno, com sua paisagem única e encantadora, abençoado pelo Cristo e bonito por natureza. Mas que beleza!

IMG_20160806_150828590Todos somos Olímpicos, não tem idade!

Fui Marta, Serginho, Neymar, Alison e Martine Grael. Saltei com o Nory, me pendurei com o Zanetti, remei como um louco no barquinho do Isaquias, soquei com o Róbson, nadei com a Poliana, comemorei a minha, a nossa Olimpíada. E andando pelas ruas, pelo Boulevard Olímpico, pelo Parque de Deodoro, de trem, de ônibus, de barca, o que vi foi alegria e um orgulho de ser brasileiro que não se via desde que os políticos perderam de vez toda decência e que nossa seleção foi sacudida por sete mísseis alemães. O verde-amarelo voltou para a moda, o sorriso fazia parte do vestuário, tanto dos brasileiros como dos estrangeiros, encantados com tanta brasilidade explícita, aquilo do que mais nos orgulhamos.

E que festa dos gringos, incrédulos com tudo que viam. Nossa torcida e vibração são únicas e contagiantes. Pergunte ao Bolt porque ele comemorou tanto a vitória do Brasil no futebol… ele, como tantos outros famosos e anônimos já estavam se sentindo em casa, e com a aproximação da partida, já sentiam no peito a tão brasileira saudade.

IMG_20160806_151709431_HDRAustralianos “aquecendo” antes de entrarem no estádio.
IMG_20160806_174056976_HDR

O céu estava tão lindo que ninguém nem reparou os 26×0 que o Brasil tomou no Rugby! A Bandeira do Brasil tremulando no torcedor mostra que o importante é competir – e se divertir.

E fizemos bonito até nas câmeras, por via satélite e em tempo real para todo o mundo. Tudo bem que os guarda-vidas nas piscinas foram meio ridículos. Tudo bem que nem tudo saiu perfeito, milimetricamente calculado. Os “do contra” não contavam com nossa astúcia. Conseguimos fazer festas de abertura e encerramento encantadoramente com a nossa cara. Impossível ser mais brasileiro. Porque as cerimônias deram o tom do nosso país: grandioso, mas improvisado, lindo, mas econômico, receptivo, alegre, colorido, barulhento, musical. Deu gosto de ver os gringos batucando com os voluntários, que tiravam selfies com os passistas, que se encantavam com os gringos, tudo junto e misturado.

IMG_20160809_115001946
Boulevard Olímpico cheio de gente!

Tem jeito não… As Olimpíadas passaram no tempo, mas não na lembrança, e esta vai ficar na memória por muito tempo… como a Olimpíada da Alegria, a Olimpíada do Brasil, que reergueu nosso orgulho e nossa crença.

IMG_20160809_114329251
Claro que fui ver a pira!!! Candelária no fundo!

ps – não concorda? Não comente, por favor. O momento é de alegria, vamos comemorar. Guarde a desesperança para si.

8 opiniões sobre “Minha brasilidade voltou após as Olimpíadas do Brasil”

  1. E como concordo, senti na pele a dor da saudade na segunda feira. Como vibrei e torci. Chorei com o Robson e Isaquias (meus conterrâneos ). A Vitória da seleção sobre a Alemanha teve um sabor extremamente doce rsrsrsrs. Foi lindo e me fez lembrar que “sou brasileira com muito orgulho. “

  2. Parabéns pelo texto! Sempre ótimas impressões! As olimpíadas deram um show! A abertura foi linda! Eu confesso que como moradora do Rio estava muito decepcionada com tudo… Mas depois que vi a grandiosidade e beleza da nossa cerimônia de abertura me contagiei com o espírito olímpico e comprei até ingressos para assistir… É realmente, foi tudo lindo! A cerimônia de encerramento foi uma despedida da brasilidade… Mas aí acaba.. Os gringos vão embora, os atletas se despedem e depois vem a bagunça pros donos da casa arrumarem… É disso que vc não quer ouvir falar e que todos nós moradores do Rio de Janeiro tememos!
    Mas enfim, também fiquei feliz Pq soubemos fazer a festa!

  3. Belo texto!! Concordo com suas impressões. O que aconteceu agora foi semelhante ao que aconteceu na copa. Eu era contra, assim como fui contra as olimpíadas. Mas como minha vontade não prevalece, vou fazer o quê? Torcer pra que tudo dê certo e deixar aquela esperança e aquele orgulho há tempos enterrado dentro de nós por sermos brasileiros aflorar. E enquanto os jogos vão rolando, vamos torcendo e nos emocionando!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s