A despedida da Cruz Peregrina

No dia seguinte, cedo, sou acordado com a última missa. Logo a cruz peregrina até a entrada da aldeia. Lá ela é desmontada cuidadosamente e embalada dentro da pick-up, dirigida pelos padres. Em uma seguem a cruz e a bagagem dos participantes do Grupo de Jovens que trabalha na peregrinação. Na outra, a caçamba vira carro de som, e os hinos são cantados ao vivo, com acompanhamento de violão e muita alegria. A Cruz, embalada, está pronta para seguir seu caminho, que hoje já não é mais a pé, como nas antigas procissões, mas motorizado. Junto com ela segue a esperança e os sonhos de um povo sofrido e que espera dias melhores. Fé, emoção e sonhos se misturam a poeira, suor e calor no lavrado de Roraima.

IMG_0209

13 01 Pedra Branca (120)

IMG_0219

IMG_0423

IMG_0419

Este post faz parte das Impressões Integrais 91

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s