Filosofando sob as estrelas

Depois meu pensamento questiona as motivações da fé para este povo.
Será a vontade de adorar? Quem será, para eles, este Cristo que talvez se confunda com as crenças dos antepassados, contadas de boca a ouvido, em noites ao pé do fogo e família reunida, momentos que não voltam mais nas aldeias invadidas pela energia e violentadas pela televisão.
Será o sonho de uma vida melhor? Aqui ou na cidade? O que é uma vida melhor? Cada sociedade tem os problemas que merece, os dramas que necessita, as violências que tolera. Não adianta mudarmos de lugar achando que tudo vai mudar, se quem precisa de mudanças somos nós mesmos, para encontrarmos a vida melhor dentro da gente.
A esperança de dinheiro? Quem sabe aposentadoria ? – pode ajudar a comprar um rádio novo ou o refrigerante para o bolo do neto. Aqui, aposentar não é parar de trabalhar, pois o trabalho, para quem é da roça, não há de acabar nunca.
Tantas esperanças entregues em oferenda nas três missas que se seguem… A saúde do pai, o bom parto da filha, o emprego do marido, a boa morte do avô. Um mundo sem canaimé.

13 01 Pedra Branca (86)

IMG_0174

Este post faz parte das Impressões Integrais 91

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s