Dona Tereza é brava. Muito brava.

Município: Normandia
Aldeia: Jibóia

Dona Tereza é brava. Muito brava. Talvez tenha se tornado um pouco mais ranzinza pelos 86 anos vividos que aumentam as dores das juntas com reumatismo. Como consolo a vista já não é tão boa, e então não consegue enxergar a fuligem que se acumula em toda casa, onde cachorros e pintinhos se misturam aos netos que tentam agradar a avó.
– Dá água para o cavalo! Não está vendo que ele está vindo beber no balde porque está com sede? – fala em voz de rainha Vitória, sem deixar margens para discussão e fazendo os netos correrem.

IMG_0133a

Este post é parte das Impressões Integrais 89

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s