Noite na Aldeia Caraparu

Aldeia Caraparu

Tá escuro lá fora. Aqui um grilo me acompanha fazendo a primeira voz enquanto a chuva fina faz o coro de fundo. Estou dormindo no posto de saúde, enquanto o restante da equipe está na “casa de apoio”, cerca de 300 metros de distância. Acho que quando eu era criança se me falassem que eu iria dormir sozinho em um lugar com fama de mal assombrado eu fugiria ou passaria a noite em claro, acendendo velas e lanternas.

12 07 Caraparu (73) Este é o posto de saúde, no final de tarde.

Este post faz parte do texto integral das Impressões Amazônicas 86

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s