Começo de mais uma jornada pela floresta amazônica

O monomotor Caravan demora duas horas para chegar de Boa Vista até a pequena Santa Isabel do Rio Negro, as margens do rio que lhe batiza, já em território amazonense.

DSC03642Santa Isabel, as margens do  Rio Negro

De lá, em outro avião sacolejamos por mais uma hora até chegar ao local com mais recursos, a sede do pólo-base de saúde indígena.

IMG_0323Seu teco-teco, o rio e a pista… não pode errar.

Est post faz parte do texto integral das Impressões Amazônicas 84

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s