Festas Indígenas – 1

Aline é filha da minha amiga Ana Lúcia, antiga escoteira e pessoa muito querida. Como esta é semana do índio em muitas escolas ela está fazendo uma pesquisa sobre festas e rituais indígenas e me escreveu, pedindo uma força. Assim mandei umas fotos que mostram um pouco do que conheço.

Hoje são poucos os índios que ainda se pintam e enfeitam para todas as festas. Normalmente isso acontece somente nas festas principais, ou quando vem convidados de fora.

Os Macuxi, Wapishana e Ingaricó daqui de Roraima  tem festas em que fazem danças típicas chamadas Parishara, Aleluia e Tukúi (esta última é a dança do beija-flor, mas é mais rara, eu nunca vi).

Nestas festas além da dança tem competições como corrida a cavalo, futebol (indígenas adoram futebol, como todos brasileiros),  quem come mais damurida (que é o prato tradicional, super-apimentado), quem bebe mais caxiri (que é a bebida tradicional, feita de mandioca fermentada), quem aguenta pimenta no olho e quem prepara a melhor damurida.

10 11 i festa maturuca (65)

10 11 i festa maturuca (104) 10 11 i festa maturuca (156)

10 11 i festa maturuca (166)

Estas fotos são dos Macuxi, em uma festa em que estive em novembro de 2010. Eles estão dançando o parishara. Tem uma parte que é ao ar livre e você já vai notar que há incorporações ao tradicional, como  o hino (cantado com a mão no coração). Os macuxi sõ se vestem deste jeito para festas, pois no dia a dia andam como nós, sem diferença alguma. Eles tem muitas escolas em suas comunidades (que é como são chamadas as aldeias aqui) e muitos tem nível superior, embora retornem para viver em suas terras de origem. Esta festa é na Aldeia Maturuca, onde o presidente Lula foi fazer a homologação da terra indígena Raposa Serra do Sol.

10 08 Serra do Sol (188)

10 08 Serra do Sol (195)

10 08 Serra do Sol (194)

Estas festas são da dança Aleluia dos Ingaricó. Eles dançam sempre com a mão no ombro de quem está ao lado, a sintonia é perfeita, veja como as pernas estão fazendo o mesmo movimento. Eu adoro, embora minhas pernas sejam muito estabanadas para dançar. Quando tem "casamentos" passam a noite toda dançando e tomando caxiri, em grande alegria.

Um pensamento sobre “Festas Indígenas – 1

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s