Tradição x Modernidade: a mescla ideal para os povos indígenas

Uma prova da modernidade incorporada era o grande número de fotógrafos. Câmeras, celulares, filmadoras: tudo para documentar o momento e depois levar de volta para a aldeia onde os professores lecionam. Tem gente que critica esta fusão, esquecendo que a cultura é sempre viva e nós somos provas evidente disso. A cada dia o novo é incorporado em nossa vida e aceito como o normal e até recomendável. Como podemos querer que isto seja diferente com os indígenas? O que é importante é a preservação da forma de pensar, que é única, e isto se mantém bem vivo. As relações sociais, a relação com a terra, com a vida e o mundo são diferentes para cada povo e isto sim, deve ser preservado. Mas para se preservar é preciso que cada povo indígena tenha condições de se desenvolver, ou seja, ter terra para gerar alimento e riqueza. Sem terra os indígenas passam apenas a formar a massa pobre da sociedade, vítima de preconceitos por serem miseráveis e diferentes. Aí sim, por necessidade, para se manter vivos, são obrigados a abrir mão do que lhes é mais caro, sua identidade.

Que esta turma possa levar a boa nova aos nossos compatriotas e fortalecer nossa nação brasileira como justa e harmoniosa.

09 03 Format Indig UFRR (57)  09 03 Format Indig UFRR (26)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s