Tentando chegar na Guyana

Estou na fila para a Guyana, aguardando a balsa para atravessar o rio Itacutu, que separa nosso país da antiga colônia inglesa. Após rodar 126km desde Boa Vista em uma estrada ótima tenho a minha frente uma fila de carros e lama, muita  . A minha direita, elevada, nova, imponente e já concluída uma ponte construída pelo Batalhão de Engenharia do Exército. Enbora pronta há alguns meses, por aquelas ironias políticas, a previsão de inauguração ainda é de outubro.

IA 42 (1)

Vejam só a ponte. Prontinha… Os carros estão na fila, a esquerda. 

IA 42 (2)

Vejam a fila. Laminha… A ponte está a erquerda.

Anúncios

4 opiniões sobre “Tentando chegar na Guyana”

  1. Altamiro

    Parabéns. “Impressões da Amazônica” é um sucesso. Cresceu e ganhou outros ângulos, outros “olhares”,continue…Ainda espero o livro. o “best seller”.
    Notei que há seções especificas, sugiro uma sobre nomes e seus significados, uma espécie de Dicionário ou glossário.

    Parabéns, mais uma vez.

    Abraços
    Cicero

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s